Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007
Vila Praia de Âncora

Situada na foz do rio Âncora, esta pequena e linda vila está abrigada num vale, protegida do vento pela Serra d'Arga a norte e pelo Monte de Santa Luzia a sul.

 

A História:

 

Esta zona tem sido habitada desde o paleolítico, como testemunhou, em 1925, o geólogo Serpa Pinto: as pequenas serras "ancorenses" eram de facto de origem humana. Existem por lá, várias conchas de moluscos dos quais os primeiros habitantes se alimentavam.

A região tem, também vários megalíticos. Um dos vários exemplos que podem ser vistos é o "Dólmen da Barrosa" situado dentro da própria vila. Foi erguido no final do terceiro milénio a.C. (era do neolítico) e está classificado como monumento nacional.

A vila era muito rica, durante a ocupação romana, devido à extracção de minérios (ouro, estanho...) do rio Âncora. Os historiadores referem uma séria de lendas, como aquela em que o conde D. Pedro atribui, a origem do nome Âncora ao assassinato da rainha D. Urraca pelo rei D. Ramiro II, que a afogou no rio, com uma âncora atada ao pescoço, como castigo pelo adultério.

A vila, nos registos da igreja de 1258, é referenciada como sendo a paróquia de Santa Marinha de Gontinhães. Nessa altura, a vila não estava situada perto do mar, mas sim muito bem escondida para evitar que fosse uma presa fácil para os barcos escandinavos, que exploravam a costa da Península Ibérica.

A pesca era, em 1758, já uma das actividades da vila, visto que os registos da paróquia se referem a um porto de abrigo na Lagarteira (actualmente no norte da vila), chamado Portinho. Perto do porto, estava situada a fortaleza de D. Pedro III, também conhecida como o Forte da Lagarteira, que era o quartel general do governador. Actualmente, ainda alberga impressionantes peças de artilharia. Em 1924, a aldeia, devido ao seu desenvolvimento, foi elevada a cidade e recebeu o nome de Vila Praia de Âncora.

 

Mapa da vila:

 

 

 

Turismo:

 

Actualmente, Vila Praia de Âncora, devido às suas praias e paisagens maravilhosas e aos seus vários monumentos, testemunhos da sua excepcional história, é uma cidade dedicada, essencialmente ao turismo. O seu património cultural e natural, o artesanato, os desportos aquáticos, a pesca e as tradições gastronómicas contribuem para que estadia em Vila Praia de Âncora seja para si, um momento inesquecível.

 

Fotografias:

 

0000cw6f0000dqyw0000es4c0000f70x

 

0000gh600000hx7c0000khw8

 

0000p61h0000qf9d00009r86



Publicado por VPAmanhã às 12:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Música:
+ Sobre Nós
Pesquisar neste blog
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30


Voltando ao passado

O último

Diário de Bordo (2 de Jun...

Dia do passeio de bicicle...

Dia dos desportos náutico...

Diário de Bordo (28 de Ma...

Diário de Bordo (26 Maio)

Diário de Bordo (21 Maio)

Diário de Bordo (19 Maio)

From Vila Praia de Âncora...

Resumo Semanal (Semana 23...

Ancorensis no Festival de...

Diário de Bordo (14.05.20...

Roteiro sobre rodas...

Para si, qual das seguint...

Diário de Bordo (7 de Mai...

Diário de Bordo (5 de Mai...

Resumo Semanal (Semana 21...

Diário de Bordo (30 de Ab...

Diário de Bordo (28 Abril...

Resumo Semanal (Semana 20...

Diário de Bordo (23 de Ab...

Diário de Bordo (21 de Ab...

Resumo Semanal (Semana 19...

Diario de Bordo(16.Abril)

Diário de Bordo (14 de Ab...

Resumo Semanal (Semana 18...

Diário de Bordo (09 de Ab...

Diário de Bordo (7 de Abr...

Resumo Semanal 17

Diario de bordo (2 de Abr...

Arquivo

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

Links
És o visitante Número...
Tens Horas??
Vila Praia de Âncora
Forum Criativo:


As notícias do mês:
Câmara de Caminha aposta fortemente na promoção turística do concelho. O Concelho de Caminha é um dos concelhos do Alto Minho mais procurados pelos turistas. Aliás o concelho é, por si só, um ponto forte no Turismo, já que apresenta um conjunto de recursos que o distinguem como destino turístico, quer ao nível patrimonial, natural, gastronómico, cultural, desportivo, o que faz com que seja o motor da economia no concelho.
blogs SAPO
subscrever feeds